Periodontologia

Dedicada ao tratamento das estruturas que envolvem os dentes, nomeadamente a gengiva, o osso alveolar de suporte e o ligamento periodontal (responsável por manter a firmeza dos dentes no maxilar), consiste na descontaminação das superfícies das raízes da placa bacteriana mineralizada (tártaro) e não mineralizada. O depósito de placa bacteriana e de tártaro no sulco existente entre a gengiva e os dentes provoca uma inflamação crónica que destrói os tecidos que suportam os dentes. Os problemas mais comuns tratados por esta área são a gengivite (inflamação e sangramento) e a periodontite (perda de osso e gengiva). Contudo, também existem situações com implicações estéticas, como posicionamentos gengivais incorretos, vestibuloplastias, frenectomias (remoção de freios) e enxertos muco-gengivais (que abrangem diversas e modernas técnicas para a recuperação e reposicionamento do tecido).

 

Alguns fatores como a gravidez, a puberdade, dentes mal posicionados ou a higienização dificultada pelo uso ou não de prótese, podem originar uma gengivite. O tabagismo e a diabetes constituem também factores de risco que contribuem para o aparecimento desta doença.

 

 

Não sendo atempadamente tratada e diagnosticada, esta inflamação evolui e acaba por ser responsável pela maior parte de perda de dentes em doentes adultos.